oespecialistarespondemaio2022.jpeg

Se você tinha essa dúvida, agora vai ver que é um assunto muito simples de entender. Existem dois padrões de cores e cada um serve para aplicações diferentes. O primeiro deles é o CMYK, que usa quatro pigmentos para formar sua paleta de cores, sendo utilizado em materiais impressos como folhetos, cartões de visitas, cartazes e folderes. Seu nome vem da abreviação dessas cores: C (cyan), M (magenta), Y (yellow) e K (black).

O segundo padrão é o RGB, que é composto pelas cores à base de luz, ou seja, aquelas que enxergamos na tela do computador. O RGB é usado para materiais virtuais, como nos posts do Facebook, Instagram, LinkedIn, em sites e etc. 

Devido a essa diferença, é muito comum que os clientes escolham uma cor para seus impressos, pelo monitor e, depois da impressão, a cor pareça ser outra.

Agora, que você já está por dentro desse assunto, fique atento. Se criar algum material que vá ser impresso em gráfica, consulte uma escala de cores impressa para decidir quais cores irá usar (peça na gráfica). Lembrando que é preciso que o padrão de cores do seu arquivo esteja em CMYK. Assim, a cor que você escolher será a que vai sair no seu impresso. 

Para impressos, não adianta escolher uma cor pelo computador, pois o padrão de tela será sempre RGB e o resultado final será diferente do que você viu no monitor.

Salve esse post e tenha sempre essa dica guardada, para não ter mais problemas com as cores dos seus materiais impressos.

Aproveite e entre em contato comigo, Francisco Moura, o especialista da Gráfica Print Solution, para solicitar orçamentos e obter informações sobre os nossos trabalhos.

Tel.: (11) 3392-6544 - email: francisco@graficaprintsolution.com.br